Dicas infalíveis para um bom vestibular

Atualizado: Abr 10

E aí, vestibulandos de plantão? Sabemos como o começo da jornada para a aprovação pode parecer confusa e, as vezes, não sabemos como ou onde começar. Pensando nisso, nosso time reuniu as melhores dicas de estudo e organização, que te farão dar um upgrade nos seus estudos, aqui!

Então, sem mais delongas, confere aí:


Identifique que tipo de estudante você é!

Cada um tem um jeito diferente de aprender. É necessário que você veja em qual se enquadra, para que assim possa melhorar sua capacidade de guardar informações. Para te ajudar, vamos especificar os tipos de aprendizagem:


• Aprendiz Sonoro

- Aprende por sons ou verbalizações ;

- Respondem bem quando as explicações são dadas em voz alta;

- Pensam de forma linear.


• Aprendiz Visual

- Aprende visualmente;

- Respondem bem a demonstração;

- Entende melhor as quando atreladas a imagens.


• Aprendiz Ler-Escrever

- Entendem melhor explicações no papel;

- Organizam pensamentos e gostam de fazer listas;

- Aprendem por leitura e escrita.


• Aprendiz Cinestésico

- Aprende fazendo e na base do acerto-erro;

- Prefere abordagens "mão na massa"

- Usa múltiplos sentidos para se engajar com o material.


Agora pega papel e caneta e responde essas questões como autoanálise, para saber em quais requisitos precisa mudar:

  • Quantas horas por dia eu estou estudando?

  • Qual horário tem sido o melhor para isso?

  • Estou terminando as tarefas que começo?

  • Como anda meu foco? (estou me distraindo durante o estudo?)

  • A carga horária de estudos é suficiente?

  • Com o que tenho perdido tempo?

  • Quais têm sido os meus maiores obstáculos para me manter focado?

  • Na prova, houveram questões que errei mas havia estudado? Por que isso aconteceu?

Agora que você já conhece seu jeito de estudar, vamos para as técnicas de estudo?


Método Pomodoro

Para você que tem dificuldade de concentração por um longo período, essa técnica é uma mão na roda. Consiste em gerenciar seu estudo por intervalos. Para isso, você precisa separar as matérias do dia e cronometrar 25 minutos de estudo (durante esse tempo não vale dar aquela checada no Instagram e Whatsapp, hein?), depois desse tempo reajuste o cronômetro para 5 minutos, que serão livres para gasta-los como quiser, e ao fim deles volte para os 25 minutos. Você também pode usar intervalos de 30 e 10 minutos, como sentir que ajuda mais. Inclusive, existem aplicativos que ajustam o cronometro automaticamente, fica a dica...



Cultura de Feedback

Não é uma metodologia de estudo, porém pode ser facilmente adaptada para várias situações, mas o que é, afinal? É o conceito de analisar seu progresso ou regresso diante alguma atividade desse modo fica mais fácil achar soluções para as falhas (muito usado em empresas para ver o desempenho de um produto). Na vida do vestibulando, pode ser incluído na avaliação de simulados e redações. Separe os simulados por áreas (humanas, exatas, biológicas), assim como as redações (introdução, desenvolvimento e conclusão), desse modo você consegue visualizar onde está precisando melhorar.


Mapa mental

Sua estrutura foi pensada especialmente para facilitar o aprendizado e administração da informação. Tem como maior diferencial o fato de organizar as informações de maneira hierárquica (a ideia principal no centro, ligando-se às ideias secundárias através de setas - essas ideias secundárias podem ter ramificações ou não). É uma metodologia muito conhecida e amplamente disseminada, é muito útil para quem tem boa memória visual. A ferramenta conta com vários recursos: cores, símbolos e, principalmente, sua estrutura baseada em ramificações. Associando uma informação à outras, podemos recordá-las com mais facilidade.



Táticas mnemônicas

Se te falarem a frase "mimimi... Ah seboso!" instantaneamente um monstrinho verde chamado Mike Wazowski surgirá em sua mente, isso porque nossa mente associa falas a personagens ou músicas a certas aberturas de desenhos, quem não lembra de "Sei que você vai querer ser uma de nós..."? Essa técnica de memorização através da associação pode ser usada para guardar informações na hora do estudo. Creio que você já deve ter ouvido a musiquinha do seno, cosseno e tangente dos ângulos notáveis? “1, 2, 3, 3, 2, 1, tudo sobre 2…” isso é uma tática mnemônica, ou a fórmula SOH CAH TOA (seno = cateto oposto/hipotenusa, cosseno = cateto adjacente/hipotenusa, tangente = cateto oposto/cateto adjacente). Musiquinhas e palavras estranhas também salvam na hora do ENEM.


Fazer simulados regularmente

Pelo menos uma vez por mês, fazer provas antigas do Enem e cronometrar o tempo gasto vai te ajudar a se adaptar a provas extensas, e também a controlar seu ritmo ao resolver as questões.


Redação uma vez por semana

Pode ver que, em todo relato de aluno nota mil, ele cita que fez várias redações ao longo do ano, e essa dica é realmente valiosa, pois redação é mais de exatas que de humanas, acredita? É como receita de bolo, quanto mais treino, mais perto do notão. Assim que você achar a estrutura que mais se encaixa com seu tipo de escrita vai conseguir dissertar sobre qualquer tema.


Resolver questões de matemática

Precisamos desmistificar o conceito que a pobre matemática é a vilã da história. Sabia que ela é a matéria que mais dá nota no Enem? Por ser dona de um grande conjunto de questões e inclusive, mais fáceis, ela tem grande peso na nota média final. Vamos lá, existe um padrão lógico nessas questões e sua tarefa é encontra-lo. Como? Resolvendo exercícios de provas antigas, por exemplo. Resolva o máximo que der, e as que não conseguir recorra à matéria e a resolução, para que quando encontrar outras que contém a mesma linha de raciocínio você já saberá o que fazer.



Ler/ouvir resumos de livros

"Mas em exatas eu mando bem, quero ajuda para argumentar na redação!" Beleza... Sabemos como vida de vestibulando é corrida, e que ler os clássicos nem sempre é possível, e são logo eles que se transformam em incríveis citações na hora da redação. Então a dica é: os livros que você não conseguir ler ao longo do ano, mesmo sabendo que possuem ótimos exemplos, dá um corre na barra de pesquisa e leia e veja vídeos sobre o resumo desse livro, ou até mesmo resumos de filmes e fatos históricos. Isso vai elevar sua argumentação a outro nível!


Organização de matérias

Bom já deixamos dica de como organizar o tempo, mas o que estudar nesse tempo? Aí é que entra os lindos cronogramas, agendas, lembretes, post-its, etc. o que melhor funcionar para você! Coloque metas diárias, por exemplo: "Hoje vou estudar história, matemática e química", nada muito impossível, metas que você sabe que conseguirá cumprir. Anote ou deixe no cronograma, e se esforce para terminar o dia com as metas já concluídas.



Alternar os conteúdos

Ainda na organização do estudo, é importante alternar o conteúdo que será estudado durante o dia. Cansou de resolver os exercícios de uma matéria? Então vá assistir algum vídeo sobre a outra, ou ler sobre uma terceira, assim seu cérebro passará mais tempo concentrado e não cansará facilmente.


Água, alimentação, sono e físico!

Saúde ok é sinônimo de estudo ok e aprovação ok! Nosso cérebro gasta muitas calorias se esforçando para guardar todo o conteúdo, por isso sempre tenha uma garrafinha de água e um lanchinho em mão durante o estudo (saudável, hein? Nada de açucares rápidos que te darão aquele pique de energia e em seguida um sono incontrolável). Falando em sono, vestibulando feliz é aquele que dorme bem, observe quantas horas de sono são suficientes para te manter disposto ao longo do dia, e faça de tudo para dormir e acordar nos horários planejados (evite celular na hora de se deitar porque a iluminação faz o cérebro acreditar que ainda é dia e você tem que ficar acordado, atrapalhando seu sono). E claro, corpo são é mente sã, então bora mexer o esqueleto! Sabemos que é difícil manter o pique de exercícios nesse momento, mas proponha-se a fazer 20 minutos de caminhada por dia, ou outro exercício que se encaixa melhor no seu estilo de vida. Para manter se focado que tal uma pequena aposta com um amigo? Você será cobrado e ajuda o parceiro cobrando ele também! #xôsedentarismo



Essas foram as dicas, mas ainda não acabou! Para dar aquele pontapé inicial preparamos um cronograma para dar aquela luz no fim do túnel! Edite de acordo com seu dia a dia, depois é só esperar a aprovação!


https://docs.google.com/spreadsheets/d/1Djp2_SR-x5dy5D98rLUZVDForL99UBSBI2FDsUmuCXQ/edit?usp=sharing

Posts recentes

Ver tudo